segunda-feira, 29 de março de 2010

"ÉS PARA MIM UM VASO ESCOLHIDO" (At 9.15)

"Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai! Este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome perante os gentios, os reis e os filhos de Israel" (At 9.15).

Estas foram as palavras de Deus a Ananias, a respeito de Saulo e sua conversão a caminho de Damasco. O Senhor escolhe Saulo, o perseguidor, para pregar aos gentios, aos reis e aos filhos de Israel.

Escolher significa selecionar. É separar algo ou alguém para um determinado fim.

A Bíblia nos descreve a história de diversos homens e mulheres, que assim como Saulo, foram escolhidos e separados como instrumentos, para realizarem os propósitos de Deus.

Todos os cristãos (aqueles que seguem a Cristo) são escolhidos (separados) "do mundo" para "dar fruto" para Deus (Jo 15.2,4,5,8,16,19). Essa frutificação se refere às virtudes espirituais, tais como as mencionadas em Gl 5.22,23 (amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança ou domínio próprio) e à conversão a Cristo, doutras pessoas (Jo 4.36).

Jovem, se você se acha louco, fraco e desprezível, e que pra este mundo você não representa nada; ninguém lhe ama, ninguém lhe quer; saiba de uma coisa: Deus também lhe escolheu (1 Co 1.27,28). Ele te ama! Ele te quer!

O que é um vaso? É um recipiente, capaz de conter líquidos ou sólidos. O vaso é um instrumento. Tanto no Antigo, quanto no Novo Testamento, o povo de Deus é comparado a um vaso. Lembra da passagem de Jeremias 18.1-10?

Jovem, nós também somos vasos escolhidos por Deus e para Deus!

A Bíblia fala a respeito de vários tipos de vasos. Vasos de honra e desonra, os vasos da ira, os vasos da misericórdia (Rm 9.20-25). Vasos de ouro, de prata, de pau e de barro (2 Tm 2.20). Que tipo de vaso nós somos?

Deus escolheu e pôs Saulo como o apóstolo dos gentios (At 9.17-22). E você, jovem, para qual finalidade o Senhor te separou? Você ainda não sabe? Quer saber? Então, medite em Is 61.1-3 e 1 Co 12.28, e busque conhecer qual é o propósito que Deus tem com a sua vida.

Que Ele nos abençoe!

Pr. Gabriel N. da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário